Uso correto da máscara e eficácia

A transmissão da Covid-19 acontece principalmente pela inalação de gotículas de saliva e secreções que ficam suspensas no ar, por isso, o uso da máscara é fundamental para conter a propagação do vírus.

O mercado disponibiliza diversos modelos, cores e tecidos de máscara, mas alguns são mais eficientes do que outros.

 
  • Utilizada pelos profissionais da saúde, a N95 ou PFF2 – a diferença é apenas o órgão regulador – são as mais eficazes. As duas retêm 98% das partículas do vírus.
 
  • A máscara cirúrgica é usada para proteger o profissional da saúde e também o paciente. Após o uso deve ser descartada, principalmente se estiver úmida.
 
  • Já a máscara de tecido pode ser lavada e usada novamente. Para garantir uma eficácia melhor é preciso que a peça seja feita com tecido de algodão e tenha, pelo menos, três camadas.
 
  • O protetor de face é outro mecanismo de proteção, o item funciona como barreira para proteger o rosto do usuário. Porém, por não ter efeito de filtro deve ser usado junto com a máscara.

É preciso salientar que a proteção só é eficiente se a pessoa usar a máscara corretamente. 
  • Ao colocar a peça lave as mãos;
  • Ajuste ao rosto cobrindo boca e nariz;
  • Não remova ao falar, tossir ou espirrar;
  • Troque quando estiver úmida;
  • Ao remover higienize as mãos de novo e ao descartar coloque-a em um saco plástico.

Compartilhar


ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
fechar
ACESSIBILIDADE
Carregando... Por Favor, aguarde...